terça-feira, 13 de novembro de 2012
Já vos falei do meu problema com as novas tecnologias? De como elas insistem em abandonar-me nos momentos mais críticos da minha existência? Se vos contasse a quantidade de telemóveis que, pura e simplesmente, deixaram de funcionar nas minhas mãos, ficariam assustados. E os MP3/MP4 que de um dia para outro partiram desta para melhor sem me avisarem ou, ainda dos meus portáteis cujo ciclo de vida é mais pequeno do que uma barata encontrada numa cozinha! Pois é. Não sei de quem é o problema, mas a verdade é que ele existe. E, com o passar do tempo torna-se muito dispendioso. O meu último portátil custou-me um dinheirão e não completou 4 anos de existência, sem antes ir parar duas vezes ao hospital em estado de coma. Por isso, sempre que agora vou comprar qualquer outra nova tecnologia fico sempre desconfiada quando à sua duração de vida. Há quem diga que o problema sou eu. Mas estou inocente. Juro! Eu trata-os bem. Andam sempre bem guardadinhos na mala, raramente os deixo cair e até têm direitos a serem desinfetados de vez em quando, por isso me questiono porque raio é que não aguentam mais tempo?
Pois, não sei responder a esta questão, mas o que sei é que mais uma vez tive que me render a eles e comprar um novo portátil. Até porque começo a ter uma afluência maior de trabalho e um pc dá sempre jeito ter em casa, mais que não seja para relaxarmos um pouco enquanto navegamos na internet.
Apresento-vos o meu novo bebé. Vamos lá ver quanto tempo é que este vai durar!


2 comentários:

Milkshake disse...

"raramente deixo cair"?????? MEDO!!!! lol

aNaMartins disse...

eu sofro do mesmo problema que tu, não entendo as coisas na minha mão tem pouca durabilidade!
quanto ao jantar em Lisboa, eu acho que não conhecendo ninguém, é que é giro, ficas a conhecer a malta! Aproveita, inscreve-te vai ser giro e animado! beijinho

Enviar um comentário
As Conversas da Sopa. Com tecnologia do Blogger.

A Sopa no Facebook

Todos os conteúdos deste site estão protegido pela lei internacional deCopyright e, não podem ser copiados, descarregados ou retransmitidos sem o consentimento prévio da autora.

Pesquisa

Estatísticas