terça-feira, 26 de julho de 2011
A poucos dias das minhas férias, ando cheia de trabalho. Mesmo cheia. Isto de ter de deixar as coisas todas organizadas para ir de férias dá cá um trabalhão. Porra! Enfim...o que vale é que SEXTA-feira é o meu último dia de trabalho, antes das férias. Depois só volto a sentar o cú na cadeira do escritório no dia 18 de Agosto. Até lá, muita praia e muita festa me esperam.
Agora vou preparar o Voxpop de amanhã...
Este projecto, intitulado "Vozes pela Liberdade", assinala o 30º aniversário da Aministia Internacional Portugal e, pretende dar mais visibilidade às vítimas de violações, "neste caso às pessoas que foram e são caladas à força de diferentes formas, e não tanto aos líderes responsáveis pelas violações”.
Assim, a partir do novo site da Amnistia Internacional as pessoas poderão doar o voice mail do seu telemóvel a defensores dos direitos humanos.

Parece interessante a ideia? Então experimentem. Cliquem aqui.
Caros senhores da Lisboa Gás,

Não sei qual o vosso problema comigo, mas há cerca de 2 anos que ando a receber cartas com valores exurbitantes, cobrados por vossas excelências. O primeiro presente vosso, chegou há cerca de um ano, no valor de 200€ à qual defenderam-se dizendo que durante todo esse ano o que andei a pagar foi acertos, acertos esses que me custavam entre 60/70 euros por mês, diga-se. Mas, sendo honesta como sou, lá engoli a vossa conversa de xaxa e paguei.
A verdade, é que depois de toda esta história, lá voltámos a fazer as pazes e fomos felizes até agora, altura em que me veio uma nova factura estapafúrdia- de mais de 100 euros em gás para pagar, sendo que o valor do passado mês foi de apenas 30 euros. Agora vamos lá pensar um poucadinho, que já reparei que têm uma certa dificuldade nessa parte: como é eu passo de uma diferença de 30 euros num mês, para uma de mais de 100 euros, noutro? Esperem...não me venham com a conversa dos acertos (valores estimados, como gostam de enunciar nas vossas cartitas de cobrança), porque essa desta vez não pega. O engraçado em vossas excelência é que utilizam sempre os acertos como desculpa para a vossa falta de honestidade.
Respondam-me sff: Como é que podem calcular um acerto em mais dobro do que normalmente cobram, todos os meses?

Sei que, vão precisar de umas quantas horas, senão dias, para entenderem a minha situação, mas espero sinceramente que me deixem em paz e vão chular outro cliente.


Atentamente,
A Sopa
quarta-feira, 20 de julho de 2011
Começo a achar que todas as sapatarias se uniram contra mim, nestes saldos. Como é que é possível nenhuma sapataria que visitei até agora ter o número 35? E, não, não estou a contar com a secção de criança. Sei que calço um número pequeno para a média das mulheres, mas também tenho direito a usufruir dos saldos. Isto de nascer pequenina tem que se lhe diga!

terça-feira, 19 de julho de 2011
Nunca fui uma pessoa muito dada a tecnologias, ou melhor a aparelhos tecnológicos. Apesar de gostar muito deles, eles não querem nada comigo. Passo a explicar o meu trauma, que me assombra desde tenra idade. Quando tinha 11 anos, os meus pais ofereceram-me, no natal, o meu primeiro computador (um daqueles HP enormes, que hoje em dia mais parecem instrumentos da pré-história), liguei o meu pc e quando estava a preparar-me para começar a apreciar o que tinha de melhor, eis que a criatura fez um barulho estranho e "puff" foi-se. Esta foi a primeira de muitas desgraças que ocorreram com aquele triste: de 6 em 6 meses, o técnico de informática tinha que ir lá a casa resolver qualquer problema. Os anos foram passando e este tipo de coisas se multiplicando. Era o telemóvel que deixava de funcionar, sem motivo aparente; a agenda electrónica que expeliu fumo e morreu, o mp4 que depois de carregado nunca mais se ligou, enfim...podia continuar pela noite toda a contar as minhas desaventuras. A mais actual foi com o meu portátil que sofreu todo o tipo de traumas: perdeu um tecla, engoliu 2 discos rigidos; viu a sua ventoinha ser substituida...e mais umas quantas coisas que só me fizeram gastar dinheiro. Resultado: Morreu, e também nunca mais ressuscitou.
Acho que estou amaldiçoada. Não quero parecer paranóica, mas isto não é normal. Até o meu telemóvel (que tem meses) já se anda a desligar sozinho. Devo mencionar que este substituiu um antigo, que nem um ano tinha e, que deixou também de funcionar.
Será que existe alguma associação a que posso pedir ajuda, algo como TTA (Traumatizados pela Tecnologia anónimos)?
sexta-feira, 15 de julho de 2011
Como se já não bastasse a T-shirt da Lanidor...eís que vem o Zé Povinho, em versão reinventada, apresentar a sua nova imagem.



Isto começa a tornar-se, deveras ridículo. A seguir vão reinventar o quê? Um galo de Barcelos depenado e com uma tatuagem a dizer "Fuck Moody's"?


Finalmenteee vou ter as tão merecidas férias em Agosto. Sim, férias. Tenho andado a repetir, durante todo o dia esta palavra a ver se realmente acredito. Já não tenho férias há tanto tempo...ou melhor não tinha direito a férias há tanto tempo, que duas semanas vão saber-me a uma eternidade.
É aqui o que ditado "o feitiço vira-se sempre contra o feiticeiro" se aplica perfeitamente.
E a história resume-se ao seguinte: um ladrão armado em esperto resolveu assaltar um cabeleireiro, mas não sabia ele que a senhora cabeleireira era uma granda maluca ou badalhoca, se preferirem, e acabou por trocar-lhe as voltas. Imobilizou-o, com recurso a técnicas de karaté (ao que parece a senhora era cinturão negro) sequestrou-o e obrigou-o a ser seu escravo sexual, (sim, leram bem, escravo sexual...isto quando a fome é muita, qualquer um serve, até um bandido), com recurso aos tão conhecidos comprimidos azuis, chamados Viagra, durante 3 dias. Sei que parece algo saido de um filme, mas aconteceu de verdade e na Rússia.

Para terminar, a cabeleireira em sua defesa disse apenas que queria dar-lhe uma lição. E, que grande lição!



Para lerem a notícia na íntegra cliquem aqui.
O Twitter comemora, hoje, 5 anos de existência. Apesar de não ocupar o primeiro lugar no ranking das redes sociais, é logo o segundo com uma média de 140 milhões de tweets por dia e, mais de 200 milhões de utilizadores em todo o Mundo.

Um dos principais objectivos desta rede é a possibilidade de comunicar com um grupo de pessoas, através de conteúdos escrito, com um limite de 140 caracteres. Este limite tão reduzido de caracteres tornou-se na imagem de marca da rede e, fez com que ganhasse a alcunha de “sms da Internet”.

Actualmente a rede está baseada na Califórnia e, conta com a colaboração de 450 funcionários, que trabalham com o intuito de torná-la rentável.


by Juliana Melim
in BlogueDetails
Porque é que as pessoas são tão complicadas? Complitam tudo. Transformam o mais simples dos problemas, numa fórmula complicadíssima à moda de Albert Einstein. São incapazes de ver a vida, da maneira mais simples. Eu sou uma dessas pessoas. Que complicam tudo. Sempre fui assim. Mas posso dizer que já tentei mudar. Que ainda estou a tentar. E, que continuarei a tentar. Para mim tudo é complicado, sempre complicado. Sou uma stressadinha. Uma atrofiadinha. Vivo a vida como se fosse uma autêntica montanha russa. Tudo me assusta, talvez por isso sinta necessidade que criar um circulo de segurança à minha volta, onde me sinto protegida e, onde só entra quem eu quero, porque talvez assim o risco de me magoar será menor.
quarta-feira, 13 de julho de 2011
Segundo consta, uma californiana drogou o marido, de 51 anos, amarrou-o à cama, cortou-lhe o pénis e atirou-o para o lixo. E, como se isso ainda não bastasse ainda ligou o triturador (do lixo). Eu, nem quero imaginar o que é que o dito homem fez para merecer tal crueldade.

Os homens que se cuidem, porque se esta moda pega...estão lixados!!!



Cliquem aqui para lerem a notícia na íntegra.
terça-feira, 12 de julho de 2011

Adoro borboletas, acho que são animais girísimos. Costumo comprar imensas coisas com borboletas, camisolas, brincos, colares, pulseiras...e fiquei apaixonadíssima por este colar, quando o vi no blog da Artes d'Elfa. Não é igual ao original, pois pedi algumas alterações, alterações que o tornaram ainda mais giro. Sempre que procuro bijuteria diferente, mas ao mesmo tempo gira e com estilo, dou um pulinho ao blog ou ao Facebook da Artes d' Elfa. E fico sempre contente com o resultado! :)
Pelos vistos há um personagem qualquer que resolveu criar um grupo no Facebook, intitulado: "1M de 'Gostos' e a minha mulher aceita chamar o nosso bebé de Son Goku".
Não tenho nada contra os pais escolherem nomes estranhos para os filhos, mas não será este nome um pouco estranho demais? É um nome de um personagem de desenho animado. Percebo que os pais tentem ser originais na escolha do nome da criança, tentando sair um pouco à regra, mas Son Goku  é, no mínimo, hilariante. É este e o Leonce Viktoria (nem sei bem se é assim que se escreve). Sempre que imagino alguém com um nome destes, imagino-o a levar porrada na escola e a ser gozado por todos e, uns anos depois a assistir a uma reunião dos inadaptados anónimos.
Ora o maior problema de todos é se esta moda pega, não tarda nada temos crianças com nomes do tipo: D'artacão; Haidy; Clark Kent; Popeye; Pikatchu; Noddy... e ainda há a possibilidade de uma família com vários filhos nomeá-los de Rambo I e Rambo II...é o descalabro total.
Odeio quando acusam as pessoas injustamente. Acho que já sou crescidinha o suficiente para admitir os meus erros. Agora gostava é que todas as pessoas fossem tão crescidas como eu, mas pelos vistos são bem poucas as pessoas "com tomates" grandes o suficientes para se chegarem à frente e dizerem: "Fui eu".
Até esse dia chegar, pagam os inocentes.
quinta-feira, 7 de julho de 2011
É certo que não nos podiam ter lixado mais do que já estávamos, mas a classificação de "lixo" pela empresa de ratings Moody´s, ontem, veio, como dizem os putos, "estragar o esquema" a Portugal. Devido a tal, desenvolveu-se um movimento no Facebook que visa "Mandar à Merda" a Moody's. Escusado será dizer que já conta com muitos adeptos, ou não fosse o meu mural estar cheio de imagens, no minimo ofensivas, à dita agência.

Ora deixo-vos alguns exemplos:








Enfim, são só alguns exemplos, garanto-vos que existem muitas mais fotos.
O Facebook anunciou, hoje, a incorporação de um novo serviçoa videochamada – que resulta de uma parceria com o Skype, empresa que implementará a solução. Este novo serviço estará disponivel para os utilizadores já nas próximas semanas, e irá complementar o serviço de chat. De Salientar, que este serviço terá janelas de vídeo que serão integradas com o browser e podem ser redimensionadas. Mas a novidade é, que a videochamada não será só presencial, ou seja os utilizadores vão poder gravar recados e deixá-los aos seus amigos.

O Facebook tenta assim fazer frente ao seu mais recente rival, o Google +, que foi apresentado a semana passada e, que já incorpora este tipo de funcionalidade, que permite conversas em simultâneo por videoconferência a um máximo de dez pessoas.


by Juliana Melim
in Blogdetails
segunda-feira, 4 de julho de 2011
Julho chegou, finalmente, apesar de o sol andar a brincar às escondidas. Este mês fui até à Estação do Oriente conversar com as pessoas e tentar descobrir o que lhes reserva profissionalmente 2030. Queres ouvir as respostas deste voxpopi?

Cliquem aqui.
Recebi uma crítica no que concerne a este post, à qual gostaria de me defender. É certo que neste preciso post, apelo a uma Revolução. Ora, uma Revolução não tem que ser uma coisa má, uma revolução é uma transformação, uma mudança, seja ela repentina ou progressista e não significa necessariamente uma coisa má. Quando falei em Revolução falei em sentido figurativo, diga-se. É certo que não tenho uma solução para o problema económico português, mas creio que a actual situação em que vivemos se vai deteriorizar ainda mais se as pessoas continuarem a pagar pelos erros dos políticos.
As Conversas da Sopa. Com tecnologia do Blogger.

A Sopa no Facebook

Todos os conteúdos deste site estão protegido pela lei internacional deCopyright e, não podem ser copiados, descarregados ou retransmitidos sem o consentimento prévio da autora.

Pesquisa

Estatísticas