sexta-feira, 16 de setembro de 2011
Nunca percebi porque morremos, mas nasci com a consciência de que tenho um prazo de validade. Longo ou comprido, esse prazo só depende do que a vida ou o destino me reservarem. No entanto, não consigo aceitar a dor como o próximo passo para a morte. Não é a morte, dor suficiente? Porque têm as pessoas que sofrer horrores para lá chegar? Nunca fui uma pessoa muito religiosa. Não simpatizo com os padres e não tenho o hábito de ir à missa. Contudo, acredito que existe uma força superior a todos nós, que de certa maneira nos guia. E, é quando penso nisso que me sinto revoltada. As pessoas não deveriam sofrer antes de morrer. Porquê...porquê? Podem argumentar que faz parte do funcionamento do nosso corpo, no combate ás células que estão doentes, mas continuo a achar que isso não é justificação suficiente. Nós vamos morrer. Vamos deixar tudo aquilo que conhecemos. Vamos cair na escuridão para todo o sempre. O nosso corpo vai transformar-se num vazio, no nada. Acham que as pessoas que estão às portas da morte, não se lembram disso? Claro que sim e, isso é dor suficiente. É castigo o suficiente. É nestas alturas em que me ocorre perguntar "onde estás tu, oh força superior"?

3 comentários:

Tsuri disse...

É aí que se testa a crença de cada um não é?

Ticy disse...

Que seca seria se vivessemos para sempre!
A força superior de que falas para mim é Deus, eu acredito.
Muitas vezes questionamos o porquê do sofrimento, acusamo-Lo de nos deixar sofrer... Acho errado... Magoamo-Lo todos os dias, e depois basta pedir desculpa e esperar milagres? A vida se fosse cor-de-rosa não teria piada... é claro que achamos o fim do mundo quando estamos muito mal, ou quando nos morre alguém próximo... Mas é assim a vida, todos nós temos esse prazo de validade... Resta sabermos levar a nossa cruz esperando que tudo corra pelo melhor, e vivendo intensamente a vida enquanto podemos.
Beijinhos
PS: Como podes reparar mudei o endereço do meu blog! Mesmo assim continuo a não gostar, tenho de encontrar um à minha altura! E olha que eu meço mais de 1,70m :)

A questão não está na crença ou na morte em si. Que todos vamos morrer já é um facto há muito adquirido e aceite por todos. O que eu não compreendo é o porquê de termos que sofrer quando é chegada a hora, uma vez que nem toda a gente tem uma morte tranquila. Isso é o que eu não percebo. Porque causar sofrimento a uma pessoa que já sofre por saber que vai morrer?

Enviar um comentário
As Conversas da Sopa. Com tecnologia do Blogger.

A Sopa no Facebook

Todos os conteúdos deste site estão protegido pela lei internacional deCopyright e, não podem ser copiados, descarregados ou retransmitidos sem o consentimento prévio da autora.

Pesquisa

Estatísticas