terça-feira, 11 de janeiro de 2011
Hoje é o Dia Mundial do Obrigado, por isso e não descurando a importância deste dia, cá vai...

Obrigada mundo por existires, pois sem ti não existiriamos...
Obrigada mãe e pai, por me terem concebido (um pouco cedo demais, ou sei, mas o que importa é que cá estamos)...
Obrigada Gi, Lee e Irene por tudo o que me ensinaram e ainda me ensinam, pelos bons momentos passados juntas, pelo apoio, compreensão e, pela amizade forte que nos une. Estão sempre no meu coração!...
Obrigada Sapeta, por seres o meu irmão mais velho e, por me apoiares em cada etapa da minha vida. Sei que posso sempre contar contigo...
Obrigada Banda Municipal de Machico, por seres a minha segunda família. Fizeste de mim, a pessoa que sou hoje. Ensinaste-me a crescer, a ouvir, a respeitar, a me divertir... contigo aprendi...
Obrigada Lisboa por me teres acolhido nos teus braços e me teres tratado tão bem...
Obrigada ESCS por me teres recebido na tua instituição. Pelas noitadas, pelas amizades, pelas noite a estudar (ok, isto dispensáva-se), por me teres chumbado, mesmo quando passei de ano...mas mais importante de tudo por me teres ensinado as bases para um grande (ou não) futuro...
Obrigada Ritona, por estares sempre do meu lado. Contigo chorei, ri, e encontrei a minha alma gêmea (pena seres mulher!lol)...
Obrigada queridos priminhos, que sempre me apoiaram, e que desde o primeiro momento que cheguei à grande cidade cuidaram de mim. Sei que ao vosso lado, encontro sempre um ombro amigo.Nunca me esquecerei!...
Obrigada Marco, por te preocupares tanto comigo. Sei que em ti, tenho sempre um amigo. Braga é pequena de mais para uma pessoa tão bondosa e magnífica, como tu...
Obrigada pelo meu lindo afilhado...
Obrigada Ana, és a minha segunda mãe. Viste-me nascer, mudaste-me as fraldas, cuidaste de mim. Apesar de estares longes, estas sempre no meu coração...
Obrigada malta das histórias, que tive o prazer de conhecer no mestrado e, que rapidamente se tornaram os meus compinchas, são simplesmente incriveis...
Obrigada restantes amigos. Não, não me esqueci de vocês...eu sei que vocês sabem o quão importantes são para mim...
Obrigada leitores assíduos d'As Conversas da Sopa...
Obrigada ao meu "mais que tudo", que desde o primeiro dia esteve sempre do meu lado, nos bons e maus momentos. Ensinou-me a ser paciente e a lutar pelas coisas que são realmente importantes. Atura-me nos piores dias, ralha-me como ninguém...mas é aquele que quero do meu lado!


As Conversas da Sopa. Com tecnologia do Blogger.

A Sopa no Facebook

Todos os conteúdos deste site estão protegido pela lei internacional deCopyright e, não podem ser copiados, descarregados ou retransmitidos sem o consentimento prévio da autora.

Pesquisa

Estatísticas